SAGA – Ópera Extravagante

A convite do Teatro O Bando, a produtora Tati Mendes foi convidada a produzir SAGA – Ópera Extravagante –  um estuário onde deságuam, sob a encenação de João Brites, a poesia e a prosa de Sophia de Melo Bryner Andresen e a música de Jorge Salgueiro, num cruzamento inusitado de vozes (o qual vai do lírico ao heavy metal, sem esquecer as vozes populares e os tons do jazz). De entre um mar de músicos – o espetáculo conta com a participação artística de cerca de cinquenta instrumentistas da Banda da Armada portuguesa.

Prêmio da APCT (Associação Portuguesa de Críticos de Teatro) de melhor espetáculo de 2008 em Portugal, indicado também ao Globo de Ouro do mesmo ano.